Garota dada como “esquartejada”, foi encontrada viva passeando no Centro

Depois de ser confirmado por familiares que o corpo encontrado esquartejado na madrugada de quinta-feira (8), dentro de uma geladeira, seria da adolescente Vitória Eduarda Souza do Nascimento, de 13 anos, o caso acabou no final feliz. Tudo isso porque, uma ligação anônima informou que a jovem foi vista no Centro, na Zona Sul de Manaus.

Diante das informações, parentes da adolescente seguiram para o Centro e encontraram Vitória Eduarda na tarde de sábado (10), por volta das 16h30, na Avenida Sete de Setembro. Com a jovem, quatro homens, sendo um deles, um menor, de 15 anos, mencionado pela jovem como seu namorado.

Parentes da adolescente seguiram para o Centro e encontraram Vitória Eduarda na tarde de sábado (10).

Parentes da adolescente seguiram para o Centro e encontraram Vitória Eduarda na tarde de sábado (10).

O tio da adolescente, Elton de Melo, de 40 anos, disse à reportagem do Correio da Amazônia que o caso foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram tomadas as providências cabíveis e encerramento da ocorrência do desaparecimento da Vitória Eduarda.

Entenda o caso

Vitória Eduarda Souza do Nascimento, de 13 anos, desapareceu na tarde de segunda-feira (5), por volta das 17h, na Rua Guaranás, no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.  A família divulgou imagens da jovem por meio da imprensa para localizar o paradeiro da adolescente.

Na sexta-feira (9), após repercussão de um corpo de mulher encontrado esquartejado em uma geladeira, no quarto de uma quitinete, no bairro Betânia, Zona Sul, familiares compareceram ao Instituto Médico Legal (IML), onde a princípio identificaram através de cicatrizes na panturrilha da perna esquerda como sendo os restos mortais da jovem.

Após o reconhecimento preliminar, os familiares iniciaram os procedimentos de oficializar a identificação por meio de exames de DNA, cujo laudo ficaria pronto em 20 dias.

Agora com o aparecimento da jovem, o corpo esquartejado segue sem identificação no IML. O autor do crime, identificado como Firmo Farias Sampaio, de 33 anos, segue preso após confessar o esquartejamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *