No desespero Geraldo Firmino “tenta colocar o Sindespecial à venda”

No desespero, o agora desempregado e encostado do INSS, Geraldo Firmino, está buscando, de todas as formas, voltar à diretoria do Sindicato dos Transportes Especial (Sindespecial), nem que para isso ele tenha que fazer qualquer tipo de acordo com os empresários do setor.

Em uma gravação de áudio, feita por telefone, Geraldo Firmino tentou cooptar um gerente da empresa Jaçanã, pedindo que ele falasse com o dono da empresa, para pedir ajudar no sentido de que ele e o Manoel Reis entrem no Sindespecial e, que depois eles conversavam em particular.

Ex-trabalhador encostado pelo INSS, Geraldo Firmino, tenta tomar o Sindespecial – foto: divulgação

Pela forma como Geraldo Firmino fala ao telefone, ele é capaz de vender o Sindicato, caso os empresários financiem a entrada dele na presidência do Sindespecial. É tudo feito na surdina, por baixo dos panos e sem medir as consequências dos seus atos.

Firmino sugeriu que a conversa fosse marcada em um lugar “bem longe, mas bem longe mesmo” da Jaçanã, para eles não correrem nenhum perigo de serem vistos. Firmino não contava que o áudio com a conversa pudesse vazar.

Os próprios trabalhadores da Jaçanã acharam que essa conversa, que não foi confirmada pelo proprietário da Jaçanã, pudesse ter propostas indecentes, como a venda da Convenção Coletiva de Trabalho e redução de salários a ser aprovada pela hipotética diretoria que o Geraldo está oferecendo aos empresários. Ele disse que tem um grupo de 30 ex-trabalhadores desempregados prontos para assumir o Sindespecial.

Ouçam o áudio abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *