Perseguição judicial a LULA não afetou o seu prestígio internacional

A perseguição judicial ao ex-presidente Lula não afetou em nada o seu prestígio internacional e nos meios acadêmicos.

Disparado o presidente brasileiro mais homenageado em universidades, em comparação com outros ex-presidentes vivos, Lula agora, mesmo preso, receberá um título de doutor honoris causa da Universidade de Comahue, em Nenquén, na Argentina. A cerimônia de entrega, que não poderá ter Lula presente, será no dia 27.

Este é o segundo título de doutor honoris causa recebido por Lula após a prisão, em 7 de abril. Dois dias depois, a Universidad Nacional de Rosario, também na Argentina, promoveu uma sessão do conselho executivo solicitada pela faculdade de Humanidades y Artes para conceder a homagem ao ex-presidente por integrar, através da educação, o povo latino-americano.

Este é o segundo título de doutor honoris causa recebido por Lula após a prisão, em 7 de abril – foto: divulgação

Em 2010, Lula oficializou a criação da Unila, com sede em Foz do Iguaçu (PR), na fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai e atua na integração cultural e acadêmico dos países do Mercosul.

Lula já recebeu o título de Universidades como a de Coimbra, em Portugal, Salamanca, na Espanha, do Instituto de Estudos Políticos de Paris (ligado à Sorbonne), na França, e Nacional Três de Febrero, na Argentina, além de mais de dez universidades brasileiras.

No ano passado, o Reitor da Universidade Estadual de Alagoas, Jairo José Campos da Costa, foi ameaçado de morte porque anunciou que entregaria a honraria ao ex-presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *