Professores da Ufam podem parar no próximo dia (10/11)

Os docentes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) decidem, em Assembleia Geral (AG), nessa segunda-feira (30), se a categoria vai aderir ou não ao Dia Nacional de Lutas, Mobilizações e Paralisações marcado para o dia 10 de novembro.

A instância deliberativa irá ocorrer às 15h, no auditório da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Amazonas (ADUA).

A realização de um Dia Nacional de Lutas, na véspera da entrada em vigor da Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467/2017) – sancionada pelo presidente Michel Temer -, teve a adesão reafirmada, de forma unânime, pelos cerca de 2 mil participantes, neste mês, no 3° Congresso da Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas), entidade a qual a ADUA é filiada.

Professores universitários podem decidir por greve nesse dia 30 de outubro – Foto: arquivo.

O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN) orienta que as seções sindicais realizem as assembleias para deliberar sobre a paralisação das Instituições de Ensino Superior federais, estaduais e municipais, no dia 10 de novembro, com realização de atos públicos conjuntos com os demais setores da classe trabalhadora.

A definição da data como um novo dia nacional de mobilizações foi uma das resoluções da plenária nacional em defesa dos direitos, realizada no dia 29 de setembro, em São Paulo (SP), e que teve a presença de 1,5 mil metalúrgicos.

Além da definição sobre a paralisação ou não no dia 10 de novembro, a Assembleia Geral da ADUA vai tratar sobre a agenda de mobilizações e a reforma do prédio da entidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *