Rodoviários farão greve na sexta feira (10) por falta de segurança

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM) anunciou, na tarde desta terça-feira (7), a paralisação dos rodoviários na próxima sexta-feira (10). A ameaça é por falta de segurança aos profissionais e troco aos usuários.

De acordo com o presidente do STTRM, Givancir Oliveira, a categoria propõe a implantação de um ‘vale-troco’ que facilite a devolução de R$ 0,20 ao passageiro de ônibus. A outra reivindicação é a ocorrência diária de assaltos, dentro dos ônibus.

Rodoviários prometem greve em toda Manaus se não houver segurança para trabalhar.

Rodoviários prometem greve em toda Manaus se não houver segurança para trabalhar.

 

“Devido à falta de troco, cobradores estão sendo agredidos por usuários do transporte. Alguns trabalhadores estão afastados por questões psicológicas. Outro problema que a categoria vem sofrendo é a falta de segurança. Os assaltos são diariamente. Quem pega o ladrão é a população”, disse Givancir Oliveira.

“Givancir Oliveira ressaltou que cada coletivo possui cinco câmeras de segurança, que registra todos os ângulos do interior do ônibus. Os Boletins de Ocorrência (BO) estão sendo computados somente para aumentar à estatística”, finalizou.

Givancir Oliveira, disse que haverá uma reunião com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), caso não haja resposta, a paralisação na sexta-feira (10) será mantida pela categoria. Segundo o presidente do STTRM, tanto o órgão de segurança pública, quanto o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) foram comunicados, mas obteve resposta das entidades.

Sérgio Fontes

Após o anuncio de ameaça de greve dos rodoviários, marcada para próxima sexta-feira (10), e as declarações do presidente da categoria, a cúpula de segurança pública do Amazonas realizou uma coletiva de imprensa, na tarde desta terça-feira (7), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus.

O secretário de segurança Sérgio Fontes disse que está trabalhando para garantir a segurança dos trabalhadores.

O secretário de segurança Sérgio Fontes disse que está trabalhando para garantir a segurança dos trabalhadores.

O secretário da SSP-AM, Sérgio Fontes, desmentiu as declarações feitas pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Manaus (STTRM), Givancir Oliveira.

“De janeiro a março deste ano, 82 pessoas foram presas por cometerem assaltos no transporte público de Manaus. As ações de abordagem estão sendo feitas tanto pela Polícia Militar, quanto Polícia Civil, para coibir roubos e assaltos à coletivos. Quanto as declarações do sindicalista, quero dizer que a instituição não recebeu nenhum telefonema sobre a ameaça de greve”, declarou Fontes.

O secretário Sérgio Fontes, ressaltou que as ações desde o início desse ano resultou em 667 prisões, comprovando as ações feitas pelas polícias. “Lamento que o presidente do sindicato dos rodoviários esteja faltando com seriedade quando fala das ações desenvolvidas pela SSP-AM”, destacou Fontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *